OS PLEUROTOS

 

        As espécies de Pleurotus spp. são bastante difundidas em vários países e ocupam o segundo lugar em produção no mundo, com destaque para a China, a primeira produtora. Elas ficam logo abaixo do líder de produção, o Champignon-de-Paris, e acima do Shiitake.

 

Pleurotus-dourado (Pleurotus citrinopileatus)

Sinônimos: Pleurotus-dourado, Cogumelo-ostra-dourado (br), Pleurote jaune (fr), Golden-Oyster mushroom (us)

Tipo: comestível, silvestre e cultivado

Ocorrência: Ásia (China, Japão e leste da Rússia).

Descrição: Muito parecido com o Cogumelo-trombeta (P. cornucopiae) europeu, mas ao contrário deste, apresenta um píleo de coloração amarela brilhante. Bom comestível.

Comercializado (fresco e seco): Mazzei [br]

 

Eryngui ou Cardoncello (Pleurotus eryngii)

Sinônimos: Eryngui (br), Cogumelo-do-cardo, Cogumelo-rei (pt), Pleurote du panicaut (fr), King oyster mushroom (us), Cardoncello, Fungo del cardo (it), Seta de cardo (es) , Eryngii (jp)

Tipo: comestível, silvestre e cultivado

Ocorrência: Europa e Ásia. Na Itália, berço desse cogumelo, se concentra a maior produção coletada e cultivada. Muito consumido na Ásia. Estação: primavera e outono, sobre as raízes de cardos.

Descrição: É considerado o melhor dentre os cogumelos Pleurotos, por isso é chamado também de Cogumelo-rei ou King Oyster Mushroom. Tem textura crocante e sabor adocicado delicado, com sabor ligeiramente moscatado. Bastante apreciado na culinária, devendo ser preparado rapidamente, de preferência na finalização dos pratos.

Comercializado (fresco): Chuang, Urakami [br]

 

Pleurotus-rosa (Pleurotus ostreatoroseus)

Sinônimos: Pleurotus-rosa, Cogumelo-rosa (br), Repolga cor-de-rosa (pt), Pink Oyster Mushroom (us)

Tipo: comestível, silvestre e cultivado

Ocorrência: Mundo.

Descrição: Cogumelo muito parecido com o Pleurotus-salmão (Pleurotus salmoneostramineus), tendo o corpo de frutificação de coloração rósea. Bom cogumelo, cuja cor rosa desaparece quando cozinhado.

Comercializado: --

 

Hiratake ou Caetetuba (Pleurotus ostreatus)

Sinônimos: Hiratake, Caetetuba, Cogumelo-gigante, Cogumelo-ostra (br), Hiratake (jp)

Tipo: comestível, silvestre cultivado

Ocorrência: Europa, Ásia e Américas do Norte, Central e do Sul. Pode ser encontrado nas matas brasileiras, em camadas ou prateleiras, em tocos e troncos de árvores frondosas, onde é conhecido como Caetetuba, que em tupi-guarani significa “folha larga”. Esse nome é devido a ser um cogumelo gigante, cujo píleo em formato de concha, pode atingir 10 cm de diâmetro. Estação: outono à inverno.

Descrição: São duas as variedades de cogumelos Pleurotus ostreatus que originam o Hiratake (com basidiocarpo muito grande) e o Shimeji (com estipes longos, colhidos com os basidiocarpos muito jovens e escuros). O Hiratake é encontrado em quatro cores distintas: branca, cinza, salmão e marrom; sendo comumente chamados de Pleurotus-branco ou Pleurotus-natural, Pleurotus-cinza, Pleurotus-salmão e Pleurotus-marrom. Atualmente, é um dos cogumelos mais cultivados no Brasil, além de ser a quarta variedade de cogumelo mais consumida no mundo, atrás de Champignon-de-Paris, Shiitake e Shimeji. É excelente para comer, principalmente os exemplares mais jovens, sendo o chapéu alvo e carnudo, com uma excelente textura e um sabor delicado.

Comercializado (fresco e seco): Chuang, Cogumelosonline, Mazzei, Reino Fungi, Zucca [br]

 

Shimeji-branco (Pleurotus ostreatus)

Sinônimos: Shimeji-branco (br)

Tipo: comestível, silvestre e cultivado

Ocorrência: Mundo.

Descrição: É uma variante do Shimeji-preto tradicional, que tem o chapéu escuro. Este cogumelo é encontrado em duas cores: o branco e o cinza. Tem sabor mais delicado que o preto, sendo inclusive mais barato do que este.

Comercializado (fresco e seco): Chuang, Cogumelosonline, Mazzei, Reino Fungi, Sítio Lee, Yamashita, Yuki [br]

 

Shimeji-preto (Pleurotus ostreatus)

Sinônimos: Shimeji-preto (br) Repolga (pt), Pleurote en huître, Pleurote Gris (fr), Oyster mushroom (us), Austernseitling (de), Fungo Ostrica (it), Seta de Chopo, Seta Ostra (es)

Tipo: comestível, silvestre e cultivado

Ocorrência: Pode ser bastante encontrado praticamente no mundo todo, sendo freqüente também nas matas brasileiras. Estação: outono à inverno (meados de outubro à fevereiro), encontrados em troncos de árvores debilitadas ou mortas. É bastante cultivado em vários países do mundo, inclusive no Brasil, sendo que a China é o seu maior produtor e consumidor.

Descrição: Duas variedades de cogumelos Pleurotus ostreatus originam o Hiratake (com basidiocarpo muito grande) e o Shimeji (com estipes longos, colhidos com os basidiocarpos muito jovens e escuros). É um excelente cogumelo, seja fresco ou seco, com aroma agradável e carne firme, crocante e saborosa quando jovem. Não é comido cru. Não deve acompanhar alimentos de gosto muito forte, pois tem um sabor muito delicado.

Comercializado (fresco e seco): Chuang, Cogumelosonline, Mazzei, Nayumi, Reino Fungi, Urakami, Yamashita, Yuki, Zucca [br]

 

Pleurotus-salmão (Pleurotus salmoneostramineus)

Sinônimos: Pleurotus-salmão, Cogumelo-salmão (br), Repolga cor-de-salmão (pt), Salmon Oyster Mushroom (us)

Tipo: comestível, silvestre e cultivado

Ocorrência: Mundo.

Descrição: Bastante similar ao Pleurotus-rosa (Pleurotus ostreatoroseus), tendo um píleo de cor salmão. Bom cogumelo, muito utilizada para decoração de pratos.

Comercializado (fresco e seco): Chuang, Mazzei, Yamashita, Zucca [br]