OS AGÁRICOS

 

Champignon ou Champignon-de-Paris (Agaricus bisporus)

Sinônimos: Champignon (br), Agárico (pt), Champignon-de-Paris (fr), White button, Button mushroom (us), Champiñón, Seta de Paris (es)

Tipo: comestível, silvestre e cultivado

Ocorrência: Europa e Ásia Oriental. O seu cultivo teve início em 1895, no Vale do Loire, na França.

Descrição: É o cogumelo mais cultivado e consumido no mundo, por ser de fácil cultivo. Além disso apresenta odor de avelãs, textura tenra e delicada e sabor característico. Diferente de muitos fungos, ele pode ser comido cru. Ele é de cor branca, existindo duas outras variedades, da mesma espécie, que são de coloração mais parda: Portobello e Crimini.

Comercializado (fresco, seco e em conserva): Chuang, Cia dos Cogumelos, Cogumelosonline, Mazzei, Nayumi, Reino Fungi, Terras Altas, Urakami,Yamashita, Zuca [br]

 

Crimini (Agaricus bisporus)

Sinônimos: Crimini (br), Brown mushroom (us), Crimini (it)

Tipo: comestível, cultivado

Ocorrência: --

Descrição: Os cogumelos escuros Crimini e Portobello são  variedades da mesma espécie do Champignon (Agaricus bisporus). Embora as vezes descrito como uma variedade próxima do Portobello, os cogumelos Crimini são atualmente considerados como um Portobello imaturo. Eles são colhidos quando os píleos ainda estão fechados, com as lamelas cobertas por uma espécie de véu. Em termos de sabor ficam entre o Champignon e o Portobello.

Comercializado (fresco): Chuang, Terras Altas, [br]

 

Portobello (Agaricus bisporus)

Sinônimos: Portobello (br), Brown mushroom (us), Portobello (it)

Tipo: comestível, cultivado

Ocorrência: --

Descrição: É a variedade de cogumelo mais cultivada e consumida no Brasil, depois do Champignon. Os cogumelos escuros Portobello e Crimini são  variedades da mesma espécie do Champignon (Agaricus bisporus). Eles são colhidos mais maduros que os cogumelos Crimini, apresentando o botão mais aberto e lamelas escuras. Possui coloração marrom, um formato maior e uma textura um pouco mais rígida que o Champignon, aroma levemente mais forte e sabor mais marcante. É muito utilizado na culinária italiana.

Comercializado (fresco e seco): Chuang, Cogumelosonline, Mazzei, Terras Altas, Urakami,Yamashita, Zuca [br]

 

Cogumelo-do-sol (Agaricus blazei, reclassificado para A. brasiliensis)

Sinônimos: Cogumelo-do-sol, Cogumelo-Piedade (br), Mushroom of the Gods (us), Himematsutake (jp)

Tipo: comestível e medicinal, silvestre e cultivado

Ocorrência: Espécie nativa, originária da Mata Atlântica brasileira.

Descrição: Foi descoberto pelo imigrante Takatoshi Furomoto, na década de 1970, nas matas de Piedade-SP, região serrana da Mata Atlântica. Sua exploração econômica no Brasil, foi iniciada a partir de 1980, após amostras levadas para o Japão atestarem seu grande potencial terapéutico de ativação do sistema imunológico, podendo também ser comestível. É muito saboroso e tem aroma agradável.

Comercializado (fresco, seco, chás, tinturas concentradas, cápsulas em pó): Blazei Murill, Chuang, Cia dos Cogumelos, Yamashita [br]

 

Para-sol ou Púcara (Macrolepiota procera)

Sinônimos: Para-sol, Cogumelo-guarda-sol (br), Púcara, Frade, (pt), Coulemelle (fr), Parasol mushroom (us), Parasole (it), Parasol (es)

Tipo: comestível, silvestre e cultivado

Ocorrência: Bastante difundido e comum na Europa e América do Norte. Estação: verão e outono (julho à outubro).

Descrição: Tem excelente sabor, sendo que alguns o consideram um dos melhores cogumelos comestíveis. Está entre as espécies comestíveis mais freqüentes e apreciadas de Portugal. Bastante grande, com chapéu lanoso e caule longo, muito duro. A polpa do chapéu é grossa e branca, podendo ser preparada assada no forno ou na grelha de churrasco, só com sal ou com manteiga de salsinha e cebolinha. Ela é muito delicada, podendo ser comida crua ou cozida rapidamente, pois o seu chapéu é tenro.

Comercializado (fresco): Honza [es]