Degustação de Ribera del Duero

13/02/2017 00:00

 

A degustação de fevereiro de 2017 da Confraria do Padre, da qual sou orientador, versou sobre 5 vinhos da famosa região espanhola de Ribera del Duero, onde a Tempranillo também reina, assim como em Rioja. O resultado dela está mostrado abaixo, junto com as minhas avaliações:

 

Vinhos                                                                     Notas JOA

1º Valbuena 5º Ano Reserva 2003 (Vega Sicilia)

      com 4 primeiras colocações                               94

2º Aalto PS 2005 - com 3 primeiras colocações         92,5

3º Alion 2011 - com 1 primeira colocação                  92

4º Urban Oak Roble 2003 (O. Fournier)                     91

5º Alion 2003                                                         90

 

Como sempre o Valbuena 5º Ano mostrou muita classe e elegância, como todos os vinhos desta grandiosa Vega Sicilia. O Aalto PS também estava num alto nível, se bem que para mim sobrava um pouco de carvalho prejudicando a harmonia total do mesmo. O Alion 2011 estava com a prazerosidade  comum à este vinho. Já o Alion 2003 não agradou tanto, devido à presença de "brettanomyces", que aporta flavores de estábulo, tornando o vinho mais rústico e menos potável. O Urban Oak, o tinto mais econômico do painel, não decepcionou mostrando-se à altura do evento.