Degustação de Bourgogne Grand Cru

23/03/2016 00:00

Em março de 2016, o Grupo Amarante (a minha confraria mais antiga), em comemoração aos seus 33 anos, organizou um painel com 10 Bourgogne Rouge do nível Grand Cru, da nobre casta Pinot Noir. Veja abaixo a ordenação de preferência do grupo e as minhas respectivas notas:

 

Vinhos                                                                           Notas JOA

1º Clos de la Roche 1990 (Armand Rousseau) -

     com 7 votos de 1º                                                       94

2º Gevrey-Chambertin Les Champans 2009

     (Olivier Guyot) - com 3 votos de 1º                               93,5

3º Corton-Grèves 2004 (Louis Jadot)                                  92,5

4º Givry en Veau 2013 (Dom. Masse)                                91,5 

5º Volnay Santenots 2005 (Sylvie Esmonin)                        93

6º Givry en Veau 2013 (Dom. Masse)                                90

7º Griotte-Chambertin 1996 (Joseph Drouhin)                     92

8º Chassagne-Monrachet Morgeot 2010 (Duc Magneta)       90,5

9º Hospices de Beaune - Beaune 1er Cru 2004

      (Champy)                                                                   88,5

10º Echézeaux 1988 (François Lamarche)                           90,5

 

Comentários: O nosso campeão, o Clos de la Roche 1990 estava soberbo, impressionando a todos. Bouquet possante, mas delicado e complexo; sabor denotando uma certa evolução, mais aveludado e sedoso; retrogosto longo e classudo. A grande decepção da noitada foi o Echézeaux  1988, do François Lamarche, mostrando algum amargor e uma certa rusticidade, não típica dessa grande denominação.