Degustação Vertical de Château Latour

21/05/2013 00:00

 

 

Continuando a alimentar as nossas degustações “de sonho”, o Dom Affonso gentilmente ofereceu para a Confraria do Amarante, vinhos da sua estupenda e inesgotável adega. Desta vez foram 6 safras antigas do reputadíssimo _ e para muitos o melhor de todos _ dos grandes tintos bordaleses. Apesar de degustá-los às cegas, como de praxe nas nossas degustações, preferimos não dar pontos aos vinhos e sim ordená-los de acordo com a predileção individual de cada um dos participantes. O resultado foi o seguinte:

 

Vinhos                                  Ordem JOA

 

1º Ch. Latour 1961                  1º

2º Ch. Latour 1982                  2º

3º Ch. Latour 1985                  5º

4º Ch. Latour 1990                  3º

5º Ch. Latour 1970                  4º

6º Ch. Latour 1966                  6º

 

Comentários: O comentário unânime dos presentes foi o já proverbial alto nível de excelência deste vinho, que dificilmente decepciona alguém. Outra unanimidade foi a primeira colocação do excepcional Château Latour 1961, que mereceu, para mim, inclusive 99 pontos. A classe, a harmonia e a majestosidade deste rouge, ainda deve durar décadas, devido a sua espantosa longevidade. Diferentemente da média dos confrades, discordei apenas da posição do 1985, que, por sinal, também estava ótimo. Os meus três melhores posicionados (1961, 1982 e 1990), coincidentemente, também foram os três melhores avaliados nos sites do Robert Parker e da Wine Spectator.