Degustação das 4 Maiores Castas Tintas Italianas

17/12/2014 00:00

A degustação da Confrarina, de dezembro 2014, explorou algo relativamente inusitado. Ela cotejou grandes vinhos das 4 melhores variedades de uva escuras italianas: a Nebbiolo do Piemonte (Barbaresco), a Sangiovese da Toscana (Supertoscano), a Aglianico da Campania (Taurasi) e a Nerello Mascalese da Sicilia (Etna Rosso). O resultado da prova e as minhas respectivas notas foram as seguintes:

 

Vinhos                                                                             Grupo             JOA

1º Radici Taurasi Riserva 2006, Mastroberardino                  93,6                 93,5

2º Vigneto La Casuccia 2007, Castello di Ama                      93,3                 93,5

3º Barbaresco Gaja 2010                                                    92,4                 93

4º Etna Rosso Prephylloxera 2011, Terre Nere                      92,3                 93

 

Comentários: O resultado mostrou claramente o enorme equilíbrio de qualidade entre todos os exemplares. Um fato que prejudicou os dois últimos vinhos, foram ser de safras ainda muito jovens (2010 e 2011). De forma inversa as duas primeiras garrafas eram de saras mais evoluídas (2006 e 2007). Contudo, o grande vencedor da prova foi o excelente Radici Taurasi Riserva 2006, cujas uvas Aglianico são colhidas nos solos vulcânicos do Vesúvio, próximos de Napoli. Um tinto enorme, concentrado, mas classudo. A grande maioria dos consumidores conhecem bastante as castas Nebbiolo e Sangiovese, por outro lado, alguns poucos já provaram tintos de Aglianico, mas pouquíssimos tiveram contato com a nobre Nerello Mascalese, cultivada em terrenos de grande altitude, nos solos também vulcânicos do Etna. Prove-os e vocês se surprenderão!