Somalis Brasileira

 

 

Finalidade: carne e pele

Distribuição: África e América do Sul

Origem: raça que pertence ao grupo dos ovinos de "garupa gorda", originário do nordeste da África, da Somália e Etiópia, tendo como ancestral remoto o ovino Urial. Em 1939, a “Black Head Somali” foi introduzida no Brasil, por criadores do Rio de Janeiro. Como nãos se adaptaram ao clima foram levados para o Nordeste, onde se encontram disseminados, particularmente nos estados do Ceará e Rio Grande do Norte.

Descrição: ovinos de porte médio, deslanados, mochos. Seu corpo tem pelagem branca com cabeça, em geral, preta mas, a vermelha também é admissível. São rústicos e muito bem adaptados às condições edafoclimáticas do semiárido nordestino, apresentando boa fertilidade e boa prolificidade, além de bom rendimento de carcaça e pele de boa qualidade. Machos adultos com 40-60 kg e fêmeas adultas com 32-50 kg. Especialmente indicada, como linha paterna, para cruzamento com fêmeas Sem Raça Definida (SRD) na zona semiárida do Nordeste.