Estatísticas

 

Produção Mundial de Mandioca

 

 

País

Produção (t)

 Participação na   produção (%)

Participação   acumulada (%)

 

Nigéria

 

37.504.100

 

16,3

 

16,3

Brasil

24.354.000

10,6

26,9

Indonésia

23.908.500

10,4

37,3

Tailândia

22.005.700

9,6

46,9

Congo

15.049.500

6,6

53,5

Angola

13.858.700

6,0

59,5

Gana

13.504.100

5,9

65,4

Outros

-

34,6

100,0

Total mundial

   229.540.896

100,0

-

Fonte: Base de dados FAOSTAT / FAO, 2010

 

        Pela tabela completa, podemos verificar que a produção da África foi de 121.360.638 t (52,9%), seguida pela Ásia com 74.778.723 t (32,6%), pelas Américas com 33.197.335 t (14,5%) e, finalmente, pela Oceania com 204.200 t (0,09%).

        O Brasil que foi o maior produtor mundial de mandioca, até os anos 1970, hoje, é apenas o segundo colocado, tendo perdido o posto para a Nigéria.

 

Produção Brasileira de Mandioca

Estados                                   Área Colhida             Produção

           (ha)                              (t)

Pará                                         296.732                       4.596.083

Paraná                                     172.214                       4.012.948

Bahia                                       262.025                       3.211.278

Maranhão                                 210.060                       1.540.586

Rio Grande do Sul                     81.602                         1.303.655

São Paulo                                52.255                         1.169.080

Acre                                        40.698                         849.667

Minas Gerais                            55.477                         794.792

Pernambuco                             66.372                         743.328

Ceará                                       109.155                       620.964

Piauí                                        59.038                         565.659

Mato Grosso do Sul                  26.690                         543.303

Santa Catarina                         29.929                         540.626

Rondônia                                 29.192                         505.004

Outros 13 estados                    ---                                ---

Brasil                                      1.787.467                    24.524.318

Fonte: IBGE - Produção Agrícola Municipal, 2010

 

        Dissecando a tabela completa, vemos que o Nordeste foi a maior região produtora de mandioca com 8.055.084 t (32,9%), seguida do Norte com 6.810.636 t (27,8%), do Sul com 5.857.229 t (23,9%), do Sudeste com 2.410.832 t (9,8%) e do Centro-Oeste com 1.390.537 t (5,7%).

        A segunda posição do Paraná é explicada, por ele ter o maior rendimento do país, de 23,3 t/ha.

        Contudo, a região Centro Sul Brasileira é a maior produtora industrial de fécula de mandioca. Em 2009, a produção brasileira de fécula de mandioca foi de 583.850 t, sendo os principais estados produtores: Paraná (71%), Mato Grosso do Sul (14%), São Paulo (13%), Santa Catarina (1%) e Goiás (1%). No Norte e Nordeste esta produção é mais artesanal, em pequenas casas de farinha.

 

Exportação

        A participação brasileira no mercado internacional é pouco significativa. Entretanto, são exportados alguns produtos derivados da raiz de mandioca, especialmente a farinha e a fécula. Os maiores importadores da nossa farinha são: Portugal, Estados Unidos, Uruguai, Japão e Cabo Verde. Já, os maiores compradores da nossa fécula, que estão situados na América Latina, são Argentina, Venezuela e Colômbia, seguidos de Paraguai e Uruguai.

 

Consumo

        Na maioria dos países das Américas, a mandioca é consumida fresca, à exceção do Brasil, que prioriza o consumo da farinha de mesa.