Bomba(Oryza sativa ssp japonica)

 

 

        É a principal e a mais conhecida variedade de arroz espanhol, empregada nas três denominações protegidas do país: DOP Arroz de Valencia, DOP Calasparra e IGP Arroz del Delta del Ebro.

        As dimensões médias do grão são: 5,2 mm de comprimento, 2,9 mm de largura e 1,8 de relação comprimento/largura. Na legislação européia o seu grão é classificado como “curto”. Tem teor intermediário de amilose, com 24,9%. Apesar de ser da subespécie japonica, contém uma quantidade de amilose mais próxima dos indica.

        Devido ao seu grau de amilose, garantindo que os grãos não grudem entre si, após o cozimento, tenham uma boa consistência e ao mesmo tempo também absorvam os sabores do caldo. Diferentemente do Sénia, ao cozinhar, o grão não se rompe e sim dobra de tamanho, no diâmetro do grão e não longitudinalmente, isto é, “abomba”, com dizem os espanhóis, daí o seu nome. Esta particularidade, o permite manter o amido, ficando molhado interiormente, porém solto.

        O chef Chicão, do A Figueira Rubaiyat, é um entusiasta desta variedade de arroz, empregando-o sempre nos seus arrozes com frutos do mar.

        É ideal para pratos espanhóis de arroz, tais como paella, arroz caldoso e arroz meloso.

        Produtor (importado): Seleción de Arroces (marca Rey de Arroces)